Publicado em 19/04/2017 13:21:00

Solicitação para participar do Jogo da Baleia Azul é uma forma de enganar o internauta

Áudio circula pelas redes sociais

Solicitação para participar do Jogo da Baleia Azul é uma forma de enganar o internauta

Um áudio sobre o Jogo da Baleia Azul está circulando pelo WhatsApp e pede que os pais prestem atenção nos seus filhos. Segundo a gravação, a pessoa que acaba entrando nesse jogo suicida não o faz porque ela quer, mas sim porque aparece uma solicitação no Facebook que é marota e o induz a isso. Essa solicitação em vermelho que aparece no canto superior direito da tela do PC ou então dos celulares que tem o aplicativo do Facebook convidam o usuário a participar do tal grupo da Baleia Azul. “A pessoa pensa o quê? Esse nome Baleia Azul, ela acaba achando que é um jogo, alguma coisa de um filme, por exemplo, e aceita participar”, afirma a pessoa que gravou o áudio.

Segundo a mensagem, uma vez que se aceita o link, as pessoas que seriam donas do grupo conseguem descobrir informações sigilosas da família do participante e que isso geraria a tensão e os pedidos para automutilação e por consequência o suicídio. O áudio que circula na rede social pede para que as pessoas ao receberem a solicitação para participar do grupo Baleia Azul não o aceitem e também aconselha que pais fiquem atentos ao comportamento dos seus filhos.


Ontem, 18, o São Carlos em Rede revelou com exclusividade um caso de uma criança de 15 anos de São Carlos que estuda num tradicional colégio da cidade e que mutilou os dois braços participando do Jogo da Baleia Azul. A tragédia só não foi maior porque um amigo da escola viu as fotos no WhatsApp e avisou a direção que fez contato com a mãe do menino.

Comentários

Mais Notícias

Página 1 de 588