Publicado em 12/10/2017 06:54:59

Acidente entre nove veículos deixa quatro mortos na BR 101

Segundo a PRF, a carreta que provocou o acidente de hoje estava vazia.

Acidente entre nove veículos deixa quatro mortos na BR 101
Acidente na BR 101

Um grave acidente, envolvendo seis carros de passeio e três caminhões, provocou hoje (11) a morte de quatro pessoas e deixou cinco feridos na BR-101, no Espírito Santo, perto do município de Viana, localizado a cerca de 20 quilômetros da capital, Vitória.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu por volta das 11h30, a menos de 1 quilômetro de um posto de fiscalização, e sete dos nove veículos envolvidos foram incendiados, ficando completamente destruídos.

O chefe da Comunicação Social da PRF no Espírito Santo, Macedo Miranda, informou que os veículos envolvidos no acidente serão periciados, mas ressaltou que, pelas informações passadas pelo condutor da carreta que causou a batida, a colisão ocorreu devido ao excesso de velocidade e à falta de atenção ao volante. No local, a velocidade máxima permitida é de 60 quilômetros por hora, e carreta trafegava a mais de 80 por hora.

“Conversei com o motorista, e ele disse que estava olhando para um posto de gasolina e, quando voltou a visão para a estrada, já não deu mais tempo [de evitar o acidente]”, disse Miranda à Agência Brasil. O caminhão que causou o acidente bateu em  oito carros, sendo que o primeiro a ser atingido usava um cilindro de gás natural veicular que explodiu com o impacto.

Das quatro vítimas, três morreram carbonizadas e uma quando recebia os primeiros socorros. O caminhoneiro que provocou o acidente e o motorista do outro caminhão envolvido na colisão não tiveram ferimentos graves. A rodovia chegou a ser interditada nos dois sentidos, e tráfego foi liberado por volta das 17h40.

De acordo com o policial rodoviário Macedo Miranda, o motorista responsável pelo acidente passou pelo teste do bafômetro, que deu negativo para uso de bebida alcoólica. Ele foi conduzida à delegacia e teve prisão decretado.

Macedo Miranda informou que, pouco antes do acidente, a PRF fazia uma operação de fiscalização com radar móvel a 3 quilômetros do local. Segundo o policial, um dos veículos envolvidos era uma viatura da Polícia Militar. O condutor, um policial, mesmo ferido, alertou que sua arma havia ficado no carro e que poderia disparar devido às chamas, o que ocorreu.

O acidente de hoje ocorre a um mês de outro acidente grave em uma rodovia do Espírito Santo, no qual 11 integrantes de um grupo de dança alemã morreram e nove ficaram feridas após o micro-ônibus em que eles viajavam ser atingido por uma carreta que transportava placas de granito, quando fazia uma ultrapassagem pela contramão.

O micro-ônibus, após ser atingido, invadiu a contramão e bateu em outra carreta que transportava cerveja. Os dois veículos se incendiaram. Em seguida, outro automóvel bateu nos pedaços de granito espalhados na via.

Segundo a PRF, a carreta que provocou o acidente de hoje estava vazia.

Em junho, outro acidente envolvendo um caminho que transportava placas de granito provocou a morte de 15 pessoas na BR-101, rodovia que liga o Rio de Janeiro ao Espírito Santo. Morreram os 13 passageiros que estavam no ônibus e dois motoristas envolvidos no acidente, o da carreta e o de uma ambulância, pertencente à prefeitura de Jerônimo Monteiro, no interior do Espírito Santo.

Ivan Richard Esposito - Repórter da Agência Brasil

Comentários

Mais Notícias

Página 1 de 686