São Carlos
 
Sex, 18 de Março de 2011 15:27

Fazenda Santa Maria do Monjolinho é patrimônio histórico de São Carlos Destaque

Escrito por  Redação
Avalie esta notícia
(3 votos)
Fazenda cheia de belezas em São Carlos Fazenda cheia de belezas em São Carlos

Localizada no km 158 da SP 215,

a Fazenda Santa Maria do Monjolinho é mais uma das localidades históricas que serão tombadas pelo o Conselho Municipal de Defesa do Patrimônio Histórico, Artístico e Ambiental de São Carlos – COMDEPHAASC, conforme notificação publicada pelo Diário Oficial da Prefeitura Municipal do dia 15 de março.

A fazenda encontra-se protegida pela Lei Municipal 13.864/06, Artigo 14  (Tombamento Provisório), sendo, portanto, vedada a sua destruição, demolição  ou mutilação até a conclusão do processo. Qualquer intervenção nesse imóvel,  incluindo pequenos reparos, deverá ser previamente analisada pela Fundação Pró-Memória de São Carlos e aprovada pelo COMDEPHAASC.

Beleza Natural

A Fazenda Santa Maria do Monjolinho é um marco na história por representar e preservar, no contexto nacional, a riqueza gerada pelo ciclo do café, sendo uma das poucas propriedades do país que conseguiu superar as crises conservando suas terras desde que foi desbravada, em 1850. Até os dias correntes os proprietários, com muito trabalho e estudo, mantiveram a mesma quantidade de terra e suas construções estão intactas.

A Fazenda Santa Maria está localizada as margens do Rio Monjolinho, na cidade de São Carlos, cerca de 240 Km de São Paulo, região central paulista.

É reconhecida como Patrimônio Histórico e Tombada pelo CONDEPHAAT do Estado de SP e agora reconhecido municipalmente. Todo acervo é catalogado e suas benfeitorias registradas em um detalhado projeto realizado pelo arquiteto, Candido Malta Campos Filho e pela Bibliotecária Vera Zavaglia Malta Campos.

O requintado e “Grande Sobrado” foi construído com muita sofisticação, utilizando cimento, pinturas em afrescos, pára-raios e campainha. A maior riqueza da Fazenda está no conteúdo e autenticidade do seu acervo bibliográfico e arquitetônico, totalmente preservados. Através dos livros, revistas, registros, fotografias, construções, móveis, objetos, discos é possível viajar no tempo apreciando, por exemplo, um jornal do dia 13 de maio de 1888 que divulga a notícia da abolição dos escravos, esta e outras coleções registram a história do nosso país. Todo acervo está mantido em um “Museu Vivo”, onde a história é relatada oralmente e integrada aos visitantes que são embalados ao som do antigo gramofone.

O terreiro, a tulha, máquina de beneficiamento de café, o magnífico aqueduto que movia a roda d’água, a senzala, a casa do capitão do mato e a antiga Estação de Trem marcam a história dos escravos, dos imigrantes e fazendeiros.

As crianças podem se divertir na corredeira e na casinha de brinquedos com quarto, sala e cozinha com fogãozinho a lenha.

Os Estudantes do ensino fundamental, médio e universitário encontram na Fazenda Santa Maria, além do roteiro de educação patrimonial, documental e arquitetônico, a parte rural que concentra diversas atividades nos 1.500 hectares de área total da Fazenda. Cerca de 320 hectares são de área verde, que preserva a mata atlântica, cerrado, mananciais e projetos de árvores nativas com sementes da própria reserva. O roteiro de educação ambiental é realizado nas trilhas, catalogadas por biólogo, colocando os visitantes em contatos com dezenas de árvores centenárias e animais silvestres. Até hoje há produção de café, milho, soja, cana de açúcar, criação de gado, granja e cavalos.

A Fazenda Santa Maria do Monjolinho oferece

Turismo: histórico, de Educação Patrimonial e Ambiental, de negócios e de lazer;

Visitas guiadas;

Almoço no restaurante rural;

Café paulista – tradicional café da fazenda;

Trilhas;

Passeio a cavalo e charrete

Cavalgadas temáticas;

Corredeiras e cascatas

Hospedagem:

2 chalés;

Espaços para eventos;

Lojinha com doces e outros produtos da fazenda;

É necessário agendamento prévio;

Aos sábados e domingos, sem agendamento com visita ao museu, trilhas, passeios a cavalo e charretes, no horário das 13h30 às 17h30.

Tarifas: sob consulta.

Reservas: (0xx11) 3021-1483 (com Eduardo)

Agendamento de Passeios: (0xx16) 9782-6172 / 3366-7143 (com Vera Regina) (Fonte Fazendas Paulistas)

2 comentários

  • Comente Link magaly magni Dom, 04 de Maio de 2014 14:34 enviado por magaly magni

    gostaria de saber como funciona aos finais de semana, como é a forma de pagamento e quantidades de pessoas podem entrar juntas e se tem algum desconto por quantidades de pessoas e oque é pago e como? obrigada!

  • Comente Link Fabiana Sex, 07 de Março de 2014 20:58 enviado por Fabiana

    Gostaria de saber o endereço certinho como se chega nessa beleza de fazenda quero levar minha familia p conhecermos.

Deixe um comentário

Campos com (*) precisam ser preenchidos.
HTML básico é permitido.

Cactus Web | Criação de Sites